Domingo, 26 de Setembro de 2021
33°

Nuvens esparsas

Altamira - PA

Cidades Medicilândia

Prefeito do município de Medicilândia, Júlio Cesar do Egito (PSDB), decretou situação de emergência administrativa e financeira no município

Secretarias Municipais foram encontradas desprovidas de condições mínimas de funcionamento, atendimento ao público e manutenção dos serviços essenciais.

14/01/2021 às 14h15
Por: Redação Xingu 230 Fonte: RB1Notícias
Compartilhe:
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

O prefeito do município de Medicilândia, Júlio Cesar do Egito (PSDB), decretou situação de emergência administrativa e financeira no município nesta quarta-feira, 13, segundo publicação do Diário Oficial do Estado (DOE).

De acordo com o informe publicado, a situação de emergência foi decretada considerando a mudança de Gestão Municipal, ocorrida no início do exercício do mandato, e a constatação de que todas as Secretarias Municipais foram encontradas desprovidas de condições mínimas de funcionamento, atendimento ao público e manutenção dos serviços essenciais.

Considerando também a situação precária que se encontra as dependências do Hospital Municipal e Unidades Básicas de Saúde, a total ausência de gêneros alimentícios para atender aos programas sociais, a folha de pagamento dos servidores públicos municipais (professores do ensino fundamental e os servidores advindos do Fundo Municipal de Educação) estão com seus salários atrasados.

A frota de veículos municipais, máquinas pesadas e equipamentos agrícolas se encontra sucateada e sem condições de uso, e que o município se encontra inadimplente com vários órgãos públicos, das mais variadas esferas de governo, entre outras considerações. Ficando assim então decretada a Situação de Emergência no Município de Medicilândia, de caráter Administrativo e Financeiro, pelo prazo de 30 (trinta) dias, prorrogável mediante expressa justificativa, pelo mesmo período.

Decreto nº 001/2021 - PMM.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários