Segunda, 27 de Setembro de 2021
27°

Poucas nuvens

Altamira - PA

Pará ATRÁS DAS GRADES

Homem acusado de duplo homicídio em Novo Repartimento é preso em Minas Gerais

A ação contou com uma parceria entre a Polícia Civil do Pará e de Minas Gerais, e da PRF

03/09/2020 às 14h02 Atualizada em 04/09/2020 às 14h38
Por: Redação Xingu 230 Fonte: O Liberal
Compartilhe:
Homem acusado de duplo homicídio em Novo Repartimento é preso em Minas Gerais

João Pedro Bernardes Aguiar de Oliveira, acusado de assassinar duas pessoas em um bar no centro do município de Novo Repartimento, sudeste do Pará, com características de execução e por motivo fútil,  foi preso no início da tarde deste domingo (30), pela Polícia Rodoviária Federal (PRF), na cidade de Ipatinga, no estado de Minas Gerais. A ação à prisão do acusado contou com uma parceria entre a Polícia Civil do Pará e de Minas Gerais, e da PRF.

O crime ocorreu por volta das 3h da madrugada, do dia 10 de maio deste ano. E, segundo a Polícia Civil, após a prática do crime, João Pedro fugiu e se escondeu em uma das fazendas do seu pai, no município de Frei Inocêncio,em Minas Gerais.

Imagens obtidas pela Redação Integrada mostram oito pessoas - apenas uma era mulher - em um estacionamento de uma loja de conveniência. Havia desentendimento entre alguma delas. Um deles, que segundo a polícia, é João de Oliveira, saca uma arma e dá vários tiros contra dois homens, que, mesmo baleados no chão, levam tiros na cabeça. Todas outras pessoas saíram correndo do local. Logo depois dos crimes, o acusado volta para um carro branco, o qual ele mesmo conduzia, e foge. 

A Polícia Civil do Pará passou investigar o crime e representou pela prisão preventiva do acusado. O pedido foi atendido pelo Poder Judiciário, após parecer favorável do Ministério Público local.

Em seguida, se iniciaram as diligências de buscas que culminaram com a localização do esconderijo do acusado.

Em parceria com a Polícia Civil de Minas Gerais, João Pedro passou a ser monitorado. Até que neste domingo (30), foi preso pela Polícia Rodoviária Federal, na cidade de Ipatinga (MG). 

O acusado foi apresentado na Delegacia de Polícia Civil local, onde os procedimentos são lavrados, segundo informa a Polícia Civil.

A investigação do duplo homicídio atribuído ao João Pedro, bem como a sua prisão, contou com a parceria dos policiais civis da Delegacia de Novo Repartimento e da Superintendência Regional do Lago de Tucuruí, esta tendo à frente o delegado Rommel Souza, que coordena as investigações e operações nos sete municípios que compõem a área de influência da Usina Hidrelétrica de Tucuruí. Além da Delegacia de Governador Valadares, em Minas Gerais, e da PRF.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários