AbasteceAki 01
Saúde

Clínica Viver faz campanha especial para alertar sobre a Hipertensão

Até o final deste mês, os pacientes encontrarão na unidade atendimentos especiais e completos na área da cardiologia, com consultas e exames como MAPA e Holter de 24 horas, eletrocardiograma e exames laboratoriais.

23/09/2019 13h14
Por: Karina Pinto
Fonte: Ascom Serra Dourada
496
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Dados da Sociedade Brasileira de Hipertensão (SBH) apontam que a hipertensão acomete uma a quatro pessoas adultas no Brasil, chegando a mais de 50% após os 60 anos e estando presente em 5% das crianças e adolescentes do país. A doença é responsável por 40% dos infartos, 80% dos derrames e 25% dos casos de insuficiência renal terminal. 

 

Pensando em conscientizar a população sobre as consequências e tratamentos dessa enfermidade, a Clínica Viver, localizada no centro de Altamira, está realizando uma campanha especial sobre a Hipertensão durante o Setembro Vermelho.

 

Até o final deste mês, os pacientes encontrarão na unidade atendimentos especiais e completos na área da cardiologia, com consultas e exames como MAPA e  Holter de 24 horas, eletrocardiograma e exames laboratoriais.

 

“Nossa Clínica conta também com atendimentos em ginecologia, endocrinologia, ortopedia, psicologia, entre outros. Os que aguardam para fazer alguma cirurgia importante também podem solicitar todos os exames para o risco cirúrgico conosco”, explicou Ruthery Nunes, médico clínico geral da Clínica Viver.

 

Em breve, segundo o médico, também começarão as ações do Outubro Rosa, uma campanha nacional de prevenção ao câncer de mama.

 

Os interessados em fazer um agendamento de consulta ou exame podem entrar em contato pelos telefones (93) 3515-3703 e (93) 9 9245-3703.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários