Sábado, 25 de Setembro de 2021
26°

Poucas nuvens

Altamira - PA

Brasil Mato Grosso

Bebê desenterrado por pitbull foi esquartejado pela mãe

A jovem mãe de 22 anos, Ramira Gomes da Silva, asfixiou a criança e depois cortou pernas e braços para facilitar a ocultação do cadáver no quintal da própria casa. Ela enterrou o corpo, mas um cachorro acabou desenterrando a criança e revelando o crime.

26/05/2021 às 08h48 Atualizada em 26/05/2021 às 08h51
Por: Redação Xingu 230 Fonte: Dol/ Com informações do Metrópoles
Compartilhe:
Divulgação
Divulgação

A crueldade com que alguns crimes são cometidos, sem dúvidas, acaba surpreendendo a qualquer um. Como o caso de uma jovem de 22 anos que foi presa após confessar ter matado e esquartejado o próprio filho, um bebê de apenas 4 meses.

Ramira Gomes da Silva confessou ter asfixiado a criança com um travesseiro e, em seguida, teria o esqueartejado na cozinha para facilitar a ocultação do corpo. A criança foi encontrada morta no quintal da casa por um cachorro da raça pit-bull.  O caso ocorreu em Sorriso, a 420 km de Cuiabá (MT).

A jovem revelou durante o depoimento à polícia, na última segunda-feira (24), que matou o filho sufocando-o enquanto ele dormia em um carrinho de bebê. Ela ainda relatou que precisou pressionar o travesseiro duas vezes para ter certeza que tinha concluído o crime.

Após matar a criança, ela levou o corpo do bebê cortado em pedaços para o quintal, onde fez um buraco e enterrou os restos da criança. O cachorro cavou e acabou encontrando o cadáver. 

A Polícia Civil concluiu nesta terça-feira (25) as investigações. A jovem foi indiciada por homicídio qualificado e ocultação de cadáver. Ramira será transferida para a Penitenciária Ana Maria do Couto May, em Cuiabá (MT).

 

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários