AbasteceAki 01
Norte Energia
Reajuste

Conta de energia elétrica ficará mais cara a partir deste mês

Aviso vem no mês que a bandeira tarifária é a vermelha, considerada a com mior percentual de aumento para cada 100 kw/h consumidos.

07/08/2019 12h09Atualizado há 4 meses
Por: Karina Pinto
Fonte: Ascom Aneel
169
Foto: Ecoa
Foto: Ecoa

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aprovou nesta terça-feira (6) reajuste tarifário de médio de 1,74% para os consumidores residenciais atendidos pela Centrais Elétricas do Pará (Celpa). A revisão tarifária prevê uma redução média de -3,81% para os consumidores da alta tensão, como as indústrias, e aumento de 2,12% para os clientes atendidos em baixa tensão. A Celpa atende 2,6 milhões de unidades consumidoras no estado do Pará. Os valores serão aplicados a partir de amanhã (7).

Segundo a Aneel, na revisão tarifária da Celpa, os índices aprovados foram mais impactados pelos custos para remunerar a atividade de distribuição de energia e componentes financeiros previstos para compra de energia e risco hidrológico.

De acordo com a agência, também pesou na avaliação do processo tarifário a "definição da trajetória de perdas não técnicas (furto ou fraude de energia)" da concessionaria paraense. A Aneel estipulou trajetória linear para atingimento da meta de 32% de perdas não técnicas até o fim do ciclo da concessionária em 2022.

Outro ponto que contribuiu para um reajuste menor foram os gastos com encargos setoriais que colaboraram para reduzir o índice de revisão tarifária em 5,20%.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários