Terça, 27 de Outubro de 2020 23:55
93 991516680
Pará UFPA

Professor Tadeu Oliver assume reitoria da UFPA de forma interina

Decisão foi tomada pelo Conselho Universitário (Consu) e confirmada pelo vice-reitor da universidade Gilmar Pereira da Silva, que teve o cargo expirado neste sábado (10). Tadeu fica como reitor interino até que a Presidência da República anuncie o novo reitor titular.

12/10/2020 09h39
28
Por: Redação Xingu 230 Fonte: G1 Pará
Tadeu Oliver Gonçalves é professor do Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI) e assume a reitoria da UFPA de forma interina a partir deste domingo (11) — Foto: Divulgação/UFPA
Tadeu Oliver Gonçalves é professor do Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI) e assume a reitoria da UFPA de forma interina a partir deste domingo (11) — Foto: Divulgação/UFPA

O professor doutor Tadeu Oliver Gonçalves assume a reitoria da Universidade Federal do Pará (UFPA) de forma interina a partir deste domingo (11). A decisão foi tomada na última sexta-feira (9) pelo Conselho Universitário (Consu) e confirmada pelo vice-reitor UFPA, Gilmar Pereira da Silva.

Tadeu Oliver Gonçalves é professor do Instituto de Educação Matemática e Científica (IEMCI) e decano Consun. Ele ocupa o cargo para evitar vacância dos cargos de reitor e vice-reitor da instituição até que a Presidência da República escolha um dos nomes indicados na listra tríplice e que foram eleitos após votação.

No dia 22 de setembro, o mandato do então reitor Emmanuel Tourinho foi encerrado. A UFPA foi gerida pelo vice-reitor Gilmar Pereira da Silva até este sábado (10), quando o mandato também se encerrou. A consulta para escolha do novo reitor da UFPA foi realizada em agosto. Emmanuel Tourinho, foi o vencedor com 92,7% dos votos. A partir do resultado das eleições, o Conselho Universitário votou e enviou ao Ministério da Educação (MEC) a lista tríplice de candidatos.

O MEC enviou um ofício que devolvia a lista tríplice da UFPA alegando que o modelo de consulta à comunidade desobedeceu a legislação por ter sido paritário – em que os votos de docentes, discentes e servidores têm o mesmo peso. No ofício, a Casa Civil da Presidência da República determina a realização de nova consulta em que os votos dos docentes tenham 70% de peso.

Na quinta-feira (8), o Ministério Público Federal (MPF) ajuizou ação civil pública na Justiça Federal para que seja declarado a legalidade da lista tríplice aprovada pelo Conselho Universitário da Universidade Federal do Pará (UFPA) e que seja determinado o procedimento legal de nomeação do reitor e vice-reitor pela Presidência da República. A ação também pede que o governo brasileiro seja obrigado a nomear para os cargos os nomes da listra tríplice.

Segundo o Ministério Público, a escolha de um nome fora da listra tríplice enviada pela universidade seria um ataque ao regimento constitucional democrático, que tem como uma de suas garantias a da autonomia universitária.

“A recusa da lista apresentada, além de configurar ofensa à legislação, à autonomia universitária e às diretrizes fixadas pelo MEC, não tem qualquer utilidade prática e ofende o princípio da eficiência, que rege a administração pública”, explicou o MPF.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Altamira - PA
Atualizado às 23h36 - Fonte: Climatempo
30°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 34°

34° Sensação
8.2 km/h Vento
68.5% Umidade do ar
90% (10mm) Chance de chuva
Amanhã (28/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Quinta (29/10)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 35°

Sol, pancadas de chuva e trovoadas.
Anúncio
Anúncio
Anúncio