Segunda, 27 de Setembro de 2021
27°

Poucas nuvens

Altamira - PA

Saúde Saúde

Entenda as diferenças entre medicamentos genéricos, similares e de referência

Saber como funcionam, a posologia e as diferenças entre eles é fundamental para fazer uma escolha assertiva

28/07/2021 às 10h50
Por: Redação Xingu230 Fonte: R7 - Do R7 Conteúdo e Marca
Compartilhe:

Com mais de seis décadas de história no Brasil, a Neo Química é consolidada no ramo de fármacos e está presente em aproximadamente 96% do território nacional. Seguindo o propósito firme de levar saúde e medicamentos de qualidade e preço justo aos brasileiros e engajada na realidade da população, a marca cria cada vez mais identificação com os consumidores e estabelece um relacionamento de confiança que ultrapassa a venda de medicamentos.

Por meio de ações e campanhas, a empresa oferece informação e conhecimento sobre produtos, serviços e atividades que impactam no cotidiano de quem consome ou comercializa seus medicamentos. No portfólio de mais de 400 produtos, estão as marcas de referência, os similares e os genéricos. Entender como funcionam, a posologia e as diferenças entre eles, é fundamental para fazer uma escolha assertiva.

Medicamento de referência
São assim chamados os produtos inovadores e com registro nos órgãos responsáveis pela vigilância sanitária do país. A liberação de comercialização acontece depois que sua eficácia, segurança e qualidade são cientificamente comprovadas. Todas as definições e regras necessárias para esse processo estão expostas no texto da Lei 9.787/99. A empresa interessada em licenciar medicamentos genéricos ou similares deve utilizar obrigatoriamente o nome de referência constante na Lista de Medicamentos de Referência vigente. Os critérios e requisitos específicos constam da RDC 35 de 15/06/2012.

Medicamento similar
Contém os mesmos princípios ativos, além de mesma concentração, via de administração, forma farmacêutica, posologia e indicação equivalentes a um medicamento de referência registrado no órgão fiscalizador da vigilância sanitária. Podem apresentar diferenças em quesitos como tamanho, forma, validade, embalagem ou rótulo. Devem ser identificados pela marca ou nome comercial.

Medicamento genérico
Assim como os similares e de referência, nos genéricos se encontram os mesmos princípios ativos, dose indicada, forma de administração, posologia e indicação terapêutica. Porém, sua principal característica para substituir um medicamento de referência é a intercambialidade. Isso significa que ele é seguro para ser administrado no lugar de determinada marca de referência, uma garantia dada por testes de equivalência que incluem comparação in vitro e in vivo, além de estudos de bioequivalência apresentados à Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária). Genéricos são identificados em suas embalagens por uma tarja amarela, pela inscrição “Medicamento Genérico” e pelo nome do princípio ativo.

Do laboratório para as prateleiras
O caminho entre a produção e o consumo de um medicamento percorre uma série de estudos clínicos, pesquisas e testes de formulação, até chegar na fase da obtenção de patente. Quando expira a patente, que é a licença de uso exclusivo para o responsável pela pesquisa e desenvolvimento da fórmula, os interessados em fabricar e distribuir um genérico podem receber autorização para reproduzir esse medicamento. Os genéricos são uma oportunidade para que as pessoas sigam seus tratamentos de forma segura, eficaz e econômica, pois seu valor é no mínimo 35% menor que os medicamentos de referência.

Neo Química: A Saúde de todos é a nossa vocação
 

Leia mais: Conheça 5 vantagens de escolher um medicamento genérico

Fonte consultada: Medicamentos; Conceitos e definições. Agencia Nacional de Vigilância Sanitária - ANVISA. Ministério da Saúde. Acesso: junho, 2021.

* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
Veja também