Quinta, 29 de Julho de 2021 05:19
93 991516680
Geral Pará

Crianças em tratamento contra o câncer têm Colônia de Férias no Oncológico Infantil

Pais e responsáveis que acompanham o tratamento das meninas e meninos também são inseridos nas atividades de entretenimento que seguirão até sexta-feira (23)

21/07/2021 17h10
92
Por: Redação Xingu230 Fonte: Secom Pará

Celebrado como o período das férias escolares, o mês de julho sempre reserva diversão para as crianças. Com essa proposta, o Hospital Oncológico Infantil Octávio Lobo, em Belém, preparou uma programação especial para os pacientes mirins e internados na unidade em tratamento contra o câncer. A “Colônia de Férias”, iniciada na última segunda-feira, 19 de julho, acontece até a próxima sexta-feira (23).

A abertura do evento contou com a ação especial do projeto Canto do Chefe, que despertou nas crianças a prática da boa alimentação e fez com que elas aprendessem, de forma lúdica, a importância da alimentação saudável. Além das crianças, pais e responsáveis que acompanham o tratamento dos pequenos também foram inseridos nas atividades de entretenimento durante o período.

A pequena Ana Beatriz Bergamin, de 5 anos, natural de Altamira, Região Oeste do Pará, em tratamento contra uma leucemia, foi uma das crianças que participou da ação. A menina aprendeu brincando sobre a importância e valores dos nutrientes presentes nas frutas. Ela ficou bastante encantada com o colorido da decoração do espaço e empolgada em poder preparar sua própria salada tropical de frutas.

A avó, Cirlene Alves, elogiou a iniciativa, por ser uma atividade que ajuda na distração das crianças. “Achei muito boa essa atividade, porque ficar no leito é muito cansativo e estressante para elas. Essa atividade faz com que tenham mais alegria brincando, isso ajuda muito no tratamento”, comentou.

Para a analista de Humanização do Oncológico Infantil, Jaasai Ribeiro, o projeto tem a finalidade de proporcionar boas experiências. “A ideia é possibilitar vivências semelhantes às férias, embora tenhamos que ter os devidos cuidados assistenciais adequados e coerentes ao estado de saúde de cada paciente que participará”, disse.

Jaasai ressalta ainda que alguns integrantes da colônia de férias “são pacientes internados que obtiveram a liberação da equipe médica para participar das atividades de férias”.

Para o secretário de Saúde do Pará, Rômulo Rodovalho, as dinâmicas desenvolvidas no Hospital, com brincadeiras envolvendo opções de lazer e acesso a conteúdos ligados a cultura, esportes, saúde e segurança ajudam a manter um estado emocional positivo e melhora a adesão das crianças e jovens aos tratamentos.

Inaugurado em 2015, o Oncológico Infantil Octávio Lobo é uma unidade de referência no Pará voltado ao tratamento do câncer em crianças e adolescentes, de 0 a 19 anos. Em média, a unidade atende cerca de mil pacientes por mês entre consultas, atendimentos ambulatoriais, exames e cirurgias. O hospital integra a rede pública de saúde do Governo do Estado, sendo gerenciada pela entidade filantrópica Pró-Saúde.

Atrações

Um grupo de voluntários ligado a Abecas Capelania Internacional, que realiza trabalho de assistência religiosa em hospitais, promoveu contação de história de modo teatralizado, na segunda-feira (19), interagindo com as crianças com a história “A cesta da dona Maricota”. A apresentação teatral incentivou à boa prática alimentar e à higienização dos alimentos e das mãos.

Um show de mágica, nesta terça-feira (20), deixou os pacientes-mirins eufóricos. Muitas gargalhadas e curiosidades fizeram parte do momento. O ilusionista Paulo Carvalho atuou como voluntário e fez uma apresentação que atraiu a atenção de todos que estavam na brinquedoteca do hospital.

A pequena Agatha Silva, de 5 anos, internada há um mês no hospital para cuidar de um pequeno tumor na região do tórax, estava atenta ao show de mágica e não perdeu nenhum movimento dos truques de ilusionismo. Aceitou de prontidão o convite do mágico para ser voluntária em uma das apresentações. “Eu gostei de ajudar o mágico a fazer desaparecer a garrafa de refrigerante, foi legal”, disse a criança satisfeita com a diversão.

Nos próximos dias, os pacientes atendidos pelo serviço Ambulatorial do Oncológico Infantil terão a oportunidade de assistirem apresentações de karatê e capoeira, além de conhecerem a prática do futebol de tecido e basquete no cesto.

A Colônia de Férias encerra com a realização de uma oficina de turbante, cujo objetivo é reforçar a importância da valorização da autoimagem e promover a ideia de pensamentos positivos. Uma sessão de fotos e um luau darão o tom ao clima de tropicalidade do período das férias.

*Texto de Emanuel Jadir (Ascom / HOIOL).

Por Mozart Lira (SESPA)
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.