Segunda, 21 de Junho de 2021 09:34
93 991516680
Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

"Síndrome da gaiola" é tema de audiência na Comissão Externa da Covid-19

A síndrome se caracteriza pelo medo causado pela Covid-19 de sair de casa e até mesmo ir à escola

11/06/2021 13h40
75
Por: Redação Xingu230 Fonte: Agência Câmara de Notícias
Pandemia deixou crianças com medo de sair de casa - (Foto: Depositphotos)
Pandemia deixou crianças com medo de sair de casa - (Foto: Depositphotos)

A Comissão Externa de Enfrentamento à Covid-19 discute na próxima quinta-feira (17) a chamada "síndrome da gaiola" – medo, originado pela pandemia causada pelo novo coronavírus, de ir à escola e sair de casa.

"A pandemia, dentre outros problemas, vem atingindo fortemente o comportamento dos jovens no Brasil. Estudos apontam que muitos adolescentes não querem voltar, por exemplo, para as aulas presenciais, preocupando pais e especialistas", afirma o deputado Dr. Zacharias Calil (DEM-GO), que pediu a realização do debate.

Esse medo de sair de casa foi chamado de "síndrome da gaiola" numa analogia ao comportamento de aves que crescem em cativeiro e, quando a gaiola é aberta e elas têm a oportunidade de voar, continuam lá dentro.

Dr. Zacharias Calil, que é médico, lembra que o afastamento da vida social e da convivência com amigos limita outros aprendizados fundamentais na formação de valores e ressalta a importância de cuidados com a saúde mental dos adolescentes neste momento.

Foram convidados para falar sobre o assunto os psiquiatras especializados em infância e adolescência Gabriel Lopes, da Associação Brasileira de Psiquiatria; e Guilherme Polanczyk, da Universidade de São Paulo (USP).

A audiência será realizada no plenário 2, a partir das 10 horas. O debate interativo pode ser acompanhado pelo portal e-Democracia. Os interessados podem participar enviando perguntas, críticas e sugestões.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.